Doença Periodontal

Doença Periodontal

A doença periodental atinge a maior parte dos cães por um simples motivo: não escovar os dentes. Assim como os humanos, os animais sofrem com a formação de placa bacteriana, mas como essa camada não é retirada com frequência por meio da escovação acaba mineralizando e provocando o mal hálito permanente. Com o tempo os dentes acabam apodrecendo e caindo. O problema afeta todo o equilíbrio do organismo dos animais. Por isso os veterinários costumam recomendar a escovação desde filhote.
Cães de raças pequenas costumam amargar mais com a doença do que os maiores, sendo que os afetados costumam pesar até 7 kg. Uma boca saudável é caracterizada por ter dentes brancos, gengiva e mucosas saudáveis. Em geral, a gengiva e as mucosas são róseas, mas em alguns pacientes pode ter áreas de pigmentação escura ou serem totalmente pigmentadas.
O mau hálito indica que existe atividade bacteriana, ou seja, infecção na boca de seu pet e ele precisa de cuidados odontológicos;
Não é a quantidade de tártaro que indica a gravidade da doença. Em qualquer grau, a doença periodontal deve ser tratada. Não espere juntar mais tártaro e piorar algo que pode ser resolvido facilmente;
Cães e gatos têm um senso de sobrevivência aguçado o que faz com que eles comam mesmo quando estão com dor de dente. Eles também engolem os alimentos, até mesmo a ração, sem mastigar. Portanto, não ache que o fato dele estar comendo significa que esteja tudo bem com sua saúde oral;
O profissional especializado em odontologia veterinária é a pessoa mais indicada para avaliar a condição de saúde oral do seu pet e determinar se ele precisa de um tratamento profissional ou iniciar uma rotina de cuidados odontológicos em casa; Leve seu pet pelo menos uma vez por ano para uma avaliação odontológica especializada.

Envie seu comentário